Colega diz que menina estuprada não tem boa fama

E lá vamos nós novamente… a “amiga” da garota de 15 anos estuprada numa festa, cujo estupro foi filmado e divulgado na internet, diz que a menina “contribuiu” para que isso acontecesse. (Leia postagem no blog Causa e Efeito).  Não que eu queira desculpar a garota, mas será que ninguém nessa idade quis experimentar “coisas proibidas” e por isso consumiu álcool escondido? E quem nunca mentiu pra mãe pra ir a uma festa?

E hoje em dia o sexo é visto como “in”, quem não está na jogada está fora. Será que aos 15 anos temos discernimento para decidir o que é bom para nós? Será que o simples fato de agir como uma adolescente de 15 anos – portanto inconseqüente, sem discernimento, imatura, blá-blá-blá – dá a alguém o direito ao estupro? E que tipo de estuprador ainda filma e divulga as imagens? Será que os rapazes que fizeram isso achavam que estavam fazendo algo bonito e bom?

A tática de jogar a culpa na mulher por ter sido a VÍTIMA da agressão lesiva e altamente traumatizante do estupro, além da humilhação de ver a própria imagem espezinhada via internet não é nova, é utilizada há milhares de anos e aceita nos meios machistas. A vítima torna-se a “causadora”, como se com seu “feitiço” pudesse induzir o criminoso a estuprá-la, espancá-la ou até matá-la.

Muitas vezes até as mulheres compactuam desse conceito torto e perverso onde a mulher é a culpada se faz algo errado e também o é se por acaso for ela própria a vítima. Precisamos parar com isso e colocar as coisas em seus devidos lugares, os homens também são seres racionais e portanto deveriam estar o tempo todo em pleno poder de sua consciência e de sua capacidade de julgar o que é certo ou errado. É errado estuprar a santa, a pecadora. A virgem e a prostituta. Em suma: ESTUPRAR É ERRADO. PONTO. PERIOD. Tudo o que for dito depois disso não deve nos fazer desviar do conceito tão simples quanto 2 e 2 serem 4: o estuprador é o criminoso, a estuprada é a vítima. Quem deve ser julgado é o criminoso e não a vítima. A vítima só tem que denunciar e às autoridades resta fazer pagar pelo crime que cometeram.

O fato de a garota (que tem apenas 15 anos, bom lembrar) ter essa ou aquela atitude não serve de atenuante ou de agravante. Será que vamos concordar com o Maluf quando disse, em momento de rara “inspiração”: estuprar pode, matar não?

Até quando nós mulheres seremos vítimas caladas da violência? Até quando permitiremos que o machismo e a hipocrisia da sociedade faça de nós ovelhas nas mãos do agressor? Até quando as próprias mulheres se arvorarão em defensoras dos pobres homens que foram “induzidos” a violentar a garota?

Santa ou prostituta, isso não importa, não vem ao caso. Estupro é crime e lugar de criminoso é na cadeia.

(Zailda Coirano)

19 Respostas to “Colega diz que menina estuprada não tem boa fama”

  1. Zailda, realmente é ridículo o fato da “colega” justificar o fato dela ser “saidinha” como motivo do estupro!
    o que eu questiono é a educação dada aos jovens… tanto aos rapazes quanto às moças!
    os rapazes são ensinados a ver a mulher como objeto sexual, cheio de mulheres melancias, moranguinhos, banana e tudo quanto é fruta… e as mulheres mesmo se colocam nesta posição… e os pais contribuem, dando-lhes micro roupas, e achando lindo quando dançam (cantam e rebolam) daí a vulgarização do ser humano! e a inversão de valores….

    nada justifica o crime, mas também é lamentável o comportamento de TODOS os jovens envolvidos!

  2. obrigado por comentar sobre o Causa & Efeito… pena que o assunto não é agradável.. mas a discussão é fantástica! isso nos leva a refletir sobre a vida, a sociedade, nosso comportamento, etc.

    obrigado.

    Gilton Paiva
    http://www.causaeefeito.wordpress.com

  3. Léo o Nardo Says:

    mto bom! parabens pelo blog!
    se tiver um tempo dá um look no meu tb!
    Abs
    Leo
    http://tamujunto.wordpress.com/

  4. É Isso Aí: Zilda (furacão) Presidente! HEhEHE.
    Falou e disse Zilda – concordo contigo! Qual o problema da garota gostar de se divertir? Mas isso não é argumento válido para se estuprar alguém, muito menos, difundir o feito pelo mundo – como se tivesse dizendo: “vejam como sou macho!”

    Estupro é estupro, e estupro é crime, ora!

    Muito bem articulado seus textos.

    Puxa, ficaria feliX e honrado em ter você devolta na coisaforadesi.
    Tá quase abandonada, por equanto, porque fim de semesfre é foda – mas estou preparando as atualizações, hEHeHE Tá tudo aqui no coco, só falta rachar ele ;)
    Bjão!

  5. “E quem nunca mentiu pra mãe pra ir a uma festa?”

    Desculpe, mas se você era acostumada à mentir pra pessoa que supostamente deveria ser a mais importante da sua vida, no mínimo não seja leviana e não use isso como argumento para defender a avacalhação.
    ESTUPRO é errado sim, mas a garota tem culpa, é uma idiota acéfala, escolheu estar na festa cheia de retardados por livre e espontânea vontade, tinha má fama e por aí vai.
    Veja bem, não estou defendendo os caras, são tudo um bando de bosta iguais à ela, mas a culpa é das duas partes meu bem, se ela não estivesse nessa merda de festa, escolhesse melhor suas companhias, isso não teria acontecido. Ela escolheu estar naquela merda. Na companhia de merdas. Isso deveria ser visto como um atênuante sim.
    Não se esqueça uma das regras da vida mais importantes é, quem anda com porcos dorme na lama. Alguns até pior, comem lama. E por mais que estejamos anestesiados pela vida moderna, pela tecnologia, e por ae vai, sempre é possivel sentir o cheio ruim, onde quer que estejamos.
    Oque eu quero dizer, é que todos temos uma escolha e que é triste ver alguém que cavou a própria cova, chorar o leite derramado depois.

  6. […] E eu aqui no meu canto, só lendo as babozeiras que saem por ae, uns esculacham a menina, uns os manés que estupraram a guria, outras sacanagem idiotas pretenciosamente feministas por ae. […]

  7. Gilton, você tem razão. Se formos analisar culpados têm culpa os pais da garota, a sociedade em geral que criou a garota para ser objeto e os rapazes para tentarem ser “machos” da pior maneira possível.
    Será que existe alguma justificativa para alguém estuprar? O sexo deve ser consensual, se conseguido através da violência, e com alguém que está sob efeito do álcool é pior ainda.
    Não arranjemos justificativas para o injustificável. Ou será que deixou de ser crime e ninguém avisou a gente?
    Acho que todos os jovens envolvidos são fruto dessa sociedade hipócrita e machista.

  8. Léo, pode deixar que vou dar uma chegada no seu blog sim. Lá no Causa e Efeito também. São dois ótimos blogs e recomendo os dois.
    Obrigada ao Léo e ao Gilton por comparecerem à discussão.

  9. É, Atopos, acho que está exigindo demais da garota, afinal ela tem apenas 15 anos, será que nessa idade todos nós sabíamos exatamente como escolher o que era melhor pra nós, os ambientes e amigos que deveríamos manter longe?
    Não sei se o comportamento da garota era exemplar, se ela era mentirosa ou leviana, mas o crime é o mesmo. O fato de ser uma festinha é um detalhe, quem estupra o faz em festa, na escola, na rua. Quem tem caráter não faz isso em lugar nenhum.
    Acho um moralismo hipócrita esse, típico de machista. Quer dizer que se a pessoa for liberal pode tomar assim, na força? Ora, façam-me o favor!

  10. Ekant, eu não era acostumada a mentir não, mas não acho que se deva crucificar a garota por isso. Se ela mentiu merece um castigo, mas se isso justifica o estupro, então não sei mais o que é certo, estou doida então.
    Quando alguém é morto por uma bala perdida ninguém diz: bem feito, estava naquele lugar porque estava traindo a mulher, na casa da amante. Por quê no caso de estupro é diferente? Quem disparou a bala que matou um cara que estava traindo a mulher tem tanta culpa quanto quem estuprou a garota que mentiu para ir à festa.
    Ninguém aqui quer saber o que a garota foi fazer na festa, quem ela era ou se era honrada ou não. Se você não percebeu ainda, o que choca é que os garotos estupraram, filmaram e botaram na internet. Que tipo de monstros são esses que não têm respeito algum por ninguém? E a família da garota? E será que não é uma agressão contra quem vê o vídeo ver algo assim de tão extremo mau-gosto?
    Quem comete um crime e depois o propala aos 4 ventos é porque se orgulha do que fez. Que tipo de ser humano se orgulha de violentar UMA GAROTA DE APENAS 15 ANOS?

  11. Realmente, seu comentário aqui foi mais pertinente doque o próprio post.
    Que estupro é crime é óbvio, mas acredito que as situações devem ser levadas em conta. Não é a mesma coisa de, uma menina caminhando de volta para casa após a faculdade, ser abordada por um homem e ser violentada.
    Digo mais, você disse que os pais e os envolvidos são culpados, mas esse circulo não se restringe à eles. Culpados somos todos nós que dia após dia, banalizamos e aceitamos banalizarem o mundo ao nosso redor.
    Estupro é crime, mas a menina cavou sua própria cova, isso ninguém pode negar. Ela não é a princesinha dos contos de fada que a mídia mostra por ae, e os garotos não são os monstros que todos estão querendo pregar na cruz.
    São todos subprodutos da sociedade, personagens que, por mais que tenham sido influenciados pelo mundo ao redor, DECIDIRAM vestir seus papéis. TODOS tem culpa no cartório e me irritou seu post defendendo a menina.

    Agora entendi melhor seu ponto de vista e faço questão de retirar o insulto à você no meu blog e pedir desculpas, apesar de acreditar que isso não tem o mínimo valor pra você.

  12. Na verdade no meu post eu não estava defendendo a menina, estava apenas pontuando o fato de que o estupro é um crime e um criminoso que comete o crime e depois ainda divulga o vídeo na internet nem sei como classificar, é o escárnio contra tudo o que é correto.
    Mas é sabido que qualquer mulher que denuncie um estupro vai acabar tornando-se a ré pois nossa sociedade machista parece que aceita um estupro cometido contra uma mulher de moral considerada “duvidosa”. A lei não menciona, entretanto, que um estupro cometido contra uma mulher assim ou assado é mais ou menos grave. Não defendo a menina, defendo o direito da vítima acusar e o réu defender-se e não ao contrário.
    Quanto ao insulto em seu blog, fiquei pasma por ser tachada de feminista, apenas defendo meu ponto-de-vista sem erguer bandeiras em favor de grupos minoritários ou não. Acho que cada um de nós tem que conquistar sua posição à custa do próprio esforço e não agitando bandeiras. Como já disse, defenderia um homem nas mesmas circunstâncias.
    E aceito suas desculpas. Isso tem sim muito valor para mim porque a idéia o blog não é atacar ninguém, sou da paz. Acredite ou não, sou da turma do bem.

  13. O mundo pirou geral!!!
    Os valores se perdendo a cada instante,a infância morrendo cedo,as nossas meninas deixando de ser meninas prematuramente e essa violência crescendo a largos passos.
    Não importa as opiniões,afinal desde quando para estrupo tem desculpa?Afff…!!!
    E concordo:lugar de estrupador é na cadeia!
    Bjsss…milll…

  14. Affff… parece que quem está sendo julgada é a menina, não vêem que uma coisa é uma coisa e a outra coisa é a outra coisa. Nem vou entrar no mérito se a menina agiu certo ou não, mas com certeza os rapazes cometeram um crime. Um não, alguns crimes. Motivados por que eu não sei, agora eles é que terão que explicar isso.

    Beijão, apareça sempre, Sônia!

  15. ABRÃO OS OLHOS Says:

    nao sei, talvez a amiga teja certa
    raciocinem comigo
    uma garota decente ia MENTIR para seus pais que ia dormi na casa de uma amiga, pra ir em uma festa e ficsr BEBADA la até que seja estuprada?
    situação 2:
    eu vi o video completo quando saiu, me mandaram, no video no começo parece sim estupro, mas depois, ela vai gostando pelo que percebo, ela nem VIRGEM era mais, hoje em dia esssas vacas perdem virgindade até com 10 anos, e os pais nem sabem
    3 situação: ela o filme inteiro só chorava mas não apresentou sinal de espancamento, nao gritou de dor ou grito pra alguem ouvir
    porque?
    ela foi penetrada até pelo anus e dor nenhuma foi sentida, ou seja, nem por tras ela era virgem

    agora voces fazem uma pagina defendendo ela só porque ela tem 15 ANOS?
    hoje em dia meninas de 13 anos sabem mais que um adulto, não estou mentindo, conheço muitas meninas assim, são safadas

    DE QUEM É A CULPA(PERGUNTA CHAVE)
    dos pais?
    em certa parte sim
    PORQUE?

    porque hoje em dia os pais dão muita liberdade as filhas, elas muitas vezes saem até sem avisar os pais, essa pelo menos mentiu, ela fez pior, que as outras
    os pais dão liberdade para internet, acesso pornografico, para sair, etc..
    da no q da

    DOS ESTUPRADOS?
    sim tambem , nao é certo estuprar ninguem, mas uma menina bebada e sozinha em uam festa é um alvo facil concordam?

    DA MENINA?
    concertaza

    elas foi a maior culpada por mentir, por beber, por ter APENAS 15 ANOS como foi dito,
    nao existe inocente de 15 anos, inocente de 15 anos nao sai pras festas e fica bebada.

    raciocinem.

    na minha opiniao nao foi nem estupro isso, ela gostou, talvez a amiga dela esteja certa

    • Olá “Abrão os olhos”:
      Sua teoria pode até parecer interessante, mas o fato de ser virgem ou não, não dá a ninguém o direito ao estupro. Quanto à conduta dela, está fora de questão porque ESTUPRO É CRIME. Ter, publicar ou assistir vídeos de menores fazendo sexo TAMBÉM É CRIME. Defender, instigar, participar ou assistir passivamente estupro TAMBÉM É CRIME. Tirando a Virgem Maria, a mãe de todo mundo não é mais virgem e INDEPENDENTE DA CONDUTA DE CADA UMA DELAS, estupro CONTINUA SENDO CRIME ATÉ REVOGAREM A LEI.

  16. João Renato Says:

    não sei porque ainda toda essa moralidade sobre o sexo, se a garota quis participar de uma aventura sexual, isso é uma opção dela, 15 anos já não é “nova demais” para se fazer sexo faz um bom tempo (tanto que a media em que as garotas perdem a virgindade está na beira dos 15 anos, os garotos perdem um pouco mais tarde, quase nos 16)

    tem garota que já se sente pronta para o sexo aos 13 anos, com seu namoradinho; já 15 anos já é normal, fazem até uma festa traducional comemorando a sexualidade feminina, (festa de 15 anos; em que a garota dança com vários rapazes; etc)

    • Olá João Renato!
      Não se trata de “moralidade”, estupro é crime, e eu não classificaria estupro como “aventura sexual”. Acho que qualquer mulher é sempre “nova demais” para ser estuprada, mesmo se morrer com 200 anos. E depois expor o crime na internet. Acho que não precisa explicar mais nada, né?

  17. pow mande o orkut dela o de vc para min , o meu e josiel0@hotmail.com bjos meninas

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: