Caso Eloá e Nayara: direitos humanos só para o bandido?

Ainda chocada com o rumo dos acontecimentos de ontem e com a recente notícia do estado de saúde da garota seqüestrada e mantida em cativeiro pelo ex-namorado por mais de 100 horas, que está em estado de coma irreversível, não sei o que é pior: um rapaz como esse de uma hora para a outra achar que tem poder de vida e morte, transformando a vida de 2 famílias num inferno ou a forma como a polícia negociou com ele, “respeitando seus direitos humanos”.

Vi agora à noite em uma entrevista que a polícia negociou com ele e permitiu que ele se sentisse o tempo todo no domínio da situação baseada em dois dados. Primeiro porque achavam que se sentisse no domínio da situação ele ficaria de cabeça fria e se entregaria, segundo porque sua vida pregressa indicava que era um rapaz de índole boa, bem-humorado e querido pelos amigos.

Índole boa é o escambau! Para mim qualquer pessoa que invada o apartamento de alguém e mantenha esse alguém em cárcere privado sob a mira de uma arma e ameçando matá-la não tem índole boa coisa nenhuma. O fato de nunca ter se envolvido com a polícia antes para mim não significa nada, estou cansada de ver pela TV casos de assassinos célebres que nunca haviam infringido a lei e que de uma hora para a outra surtaram e começaram a matar! Nunca se sabe o que uma pessoa surtada como o rapaz estava é capaz de fazer, e pelo sim, pelo não, um bom atirador de elite sacrificaria a vida de um assassino em potencial mas salvaria a vida de duas jovens inocentes e menores de idade ainda por cima.

O fato de a polícia respeitar os direitos humanos do rapaz e por isso invadir o apartamento atirando com balas de borracha também me parece o cúmulo! Bala de borracha qual nada, uma pessoa que está armada e atirando (ou ameçando atirar) contra um inocente tem que ser enfrentada de igual para igual. No caso do carro que a polícia do Rio alvejou por ter confundido com o carro de um bandido não se usaram balas de borracha. Será que foi porque lá no Rio a televisão não estava filmando o incidente?

Por que será que a polícia quando se trata de criminosos que estão sendo cobertos pela mídia fica toda cheia de dedos e balas de borracha mas quando se trata de pessoas comuns na rua, que passam inocentes sem saber de nada vão logo atirando (com balas reais) primeiro e depois “lamentam o equívoco”?

Será que o fato de ter dezenas de câmeras de TV apontadas para si (e levando-se em conta que é ano eleitoral) faz com que a memória de todo mundo se refresque miraculosamente no que diz respeito aos direitos humanos do cidadão, mesmo dos criminosos? Numa batida policial em um bairro afastado parecem ser acometidos de estranha amnésia quanto a isso e casos de cidadãos honrados e trabalhadores que sofreram maus tratos, constrangimento, e até outros mais graves onde vítimas inocentes foram alvejadas e mortas por engano pela polícia é que não faltam para exemplificar esse estranho caso de amnésia seletiva que parece acometer alguns membros de nossa polícia.

Nós, os cidadãos comuns, que trabalhamos e temos impostos descontados diretamente em folha de pagamento, e que conseqüentemente pagamos por toda a parafernália usada pela polícia, bem como os salários dos policiais para protegerem nossa integridade física e moral e assegurar os direitos que nos assegura a recém-aniversariante Constituição Brasileira, quem sabe devêssemos andar com a dita cuja em local de fácil acesso para recitá-la para algum policial de memória fraca. Já os bandidos parecem gozar de extrema consideração por parte dos policiais, que pelos menos em frente às câmeras de TV pisam em ovos para não infringir seus (deles lá, os bandidos) sagrados direitos de ir e vir?

Com certeza não foi pensando neles que a Constituição foi escrita e aprovada. Foi pensando nos cidadãos comuns e também nas milhares de Eloás e Nayaras por esse Brasil afora, cujo DIREITO À VIDA foi ignorado e colocado em risco para satisfazer a extrema vaidade de um desequilibrado cheio de “direitos humanos”.

(Zailda Coirano)

15 Respostas to “Caso Eloá e Nayara: direitos humanos só para o bandido?”

  1. Essa tragédia provou o despreparo total de uma polícia melindrosa em frente a câmaras de TV.E as vidas das duas meninas que se danem!!!Safados também!!!
    Esse infeliz ainda esta na mídia como um surtado por amor!Surtado nada!Bandido mesmo!!!
    Tão surtado,mas não deu o tiro na própria cabeça,conforme tinha dito que faria.
    Agora esta sendo protegido pelas leis e pelos Direitos Humanos.
    Direitos humanos?
    Afff…ficando por aqui porque o texto já diz tudo!

    Zailda responde:
    Em reportagem à Rede Record um colega de trabalho do rapaz contou que há dias ele planejava tudo, comprou revólver, e anunciou o que ia fazer. Se eu fosse o amigo teria avisado a polícia ou a família da garota, mas nada disso foi feito. Isso descarta também a hipótese do “louco por amor”, porque foi tudo cuidadosa e friamente planejado.

  2. Não se pode continuar vivenciando tal violência em nosso país, as leis tem que ser revistas. Nossos jovens estão sendo vitímas de mentes assassinas. Esse rapaz planejou tudo nos minimos detalhes, achando que seria fácil, e ainda assim há quem diga que ele estava desesperado, não concordo, ele é calculista, frustado. Mas pergunta-se: A familia desse rapaz não pdoeria ter evitado tal situação, intervindo em suas atitudes, ele estava a vontade, fez comunicação com muita gente, se sentiu famoso e praticou um crime barbáro. Não se pode colocar a culpa nas esferas públicas, sabendo que cada um tem sua parcela de culpa, ms onde estão os pais que não se preocupam com os filhos. Será qeu todos são culpados menos os pais que não impõem limites, não procurar saber dos relacionamentos dos filhos. Que isto seja discutido nas escolas, sociedade em geral. Que a familia da Eloá fique na certeza que ela será sempre um anjo e Deus saberá o que fazer. Quanto ao rapaz que pague pelos seus erros, a justiça saberá julgá-lo dentro da lei.

    Zailda responde:
    Realmente todos têm sua parcela de culpa: os pais, a polícia, a imprensa e a sociedade em geral, por ainda permitir que coisas assim aconteçam, espero que não impunemente dessa vez.

  3. Mozair José Pinto Says:

    Depois de o desfecho ser trágico, aparece os defensores dos direitos humanos, especialistas em segurança, psicólogos e vários especialistas culpando a polícia e apontando falhas muitas horas depois do encerramento do caso, depois que tiveram tempo para analisar a situação, tempo este que a polícia não tinha os acontecimentos e ações eram em tempo real. Considero que em todos os processos pode existir falhas, ainda mais nesse caso com trabalho a distância com uma pessoa calculista, obstinada e sem escrúpulos. Ele é frio calculista, uma pode até ter crises de desvio psicológico, porem, ele planejou algo que na certeza com o seqüestro ele não conseguiria de volta, que era o carinho e atenção da garota.
    Alguma coisa pode ter saído do controle da polícia, mas, a culpa da morte da garota Eloá da polícia não é, pois agiu para defender a vida humana inclusive a do seqüestrador. Tais especuladores deveriam encarar a realidade e apontar o verdadeiro culpado pelos crimes, que é o Lindemberg Alves, que tinha a garantia de integridade física querendo um absurdo, a garantia por um Juiz que não seria condenado pelos crimes, deixando mais perceptível que ele estava consciente de seus atos.
    Para plantonistas de direitos entre outros que criticaram tardiamente a polícia por que na hora das tensões eles não foram lá ajudar ao invés de criticar os erros. É fácil criticar o outro, difícil é fazer melhor que as pessoas que você está criticando.
    Será que vão agora em nome dos direitos humanos zelar e inocentar o Lindemberg, culpar a polícia e esquecer da dor da família de Eloá, pois nada disso teria acontecido se ele não iniciasse o sequestro ou entrgasse sem fazer vítimas.

    Zailda responde:
    Concordo com você que o rapaz é frio e planejou tudo, mas a polícia, errando ou não, apesar de 4 dias de negociação e dezenas de policiais no local não conseguiu salvar a vida da garota, evitando que o caso terminasse em tragédia. Não desconsidero a dor da família, muito pelo contrário. Visto do ponto-de-vista deles com certeza essa operação, bem ou mal conduzida, foi um completo fracasso.

  4. Se a polícia tivesse um atirdor de elite talvez isto não ocorrresse; pior: deixaram a gaota – a amiga – voltar ao local do sequestro! :-(
    Um “expert” anti-sequestro americano ficouchocadocom este episódio e disse que JAMAIS isto , da garota voltar ao sequestrador, poderia ter ocorrido…
    E o pior aconteceu, e já os órgãos da garota serao doados…
    Felizmente nenhum advogado foi besta o bastante para o defendê-lo…

    Zailda responde:
    Sei que é fácil agora criticar os erros da polícia, mas é inevitável fazê-lo, e a volta da Nayara para o cativeiro é algo completamente incompreensível para mim, não entendo em como isso poderia facilitar as negociações, já que todas as negociações de que já ouvi falar visam a libertação dos reféns e não sua devolução ao bandido.

  5. nesse caso eu em particular fico dividido…!!!
    ja não sei mais quem é quem nesse caso,pois com a morte da menor eloá
    bom melhor dizendo foi preciso sua morte(eloá)para que fosse descoberto
    um verdadeiro bandido, tem mais a filha tinha documentos falsos sendo assim era uma familia totalmente suspeita.
    deicho claro minha opinião que uma morte não justifica o que o rapaz (namorado de eloá)fez pois uma vida humana jamais pode ser tirada dessa maneira assim como ter esse garoto como um bandido…
    afinal de contas,quem é o bandido ai..???

    Zailda responde:
    Conforme você mesmo citou, quando veio para Santo André a garota era ainda pequena, então não devia saber que usava documentos falsos e com certeza não foi ela quem os providenciou. Talvez até nem soubesse do passado de seu pai. Mas o tempo vai dizer o que realmente aconteceu e espero que tudo seja esclarecido em breve.
    Obrigada por comentar e volte sempre!

  6. o pai de eloá fazia parte de um grupo de esterminio,assassino procurado pela dpj de alagoas,e o rapaz que está sendo tachado por bandido,queria saber se o mesmo fazia parte da mesma gang do pai da menina,se for provado o sim,ai eu digo que não foi um crime parcional,crime esse que vem acontecendo em nossa sociedade hipócrita a muito tempo onde so quem paga é a classe menos privilégiada…
    digo mais esse menino não era um bandido mas sim um rapaz que num momento de desiquilibrio mental cometeu essa atroscidade..
    deicho bem claro que isso vem acontecendo em todo mundo mas so aqui que por praticar um crime dessa qualidade se é chamado pela sociedade de bandido e mais eu não to defendendo ninguem so quero que as coisas sejam condusidas de maneira legal sem intromissão de terceiros,porque pelo que eu estou vendo so o rapaz está sendo crussificado ai…

    Zailda responde:
    Acho que quem é bandido tem que pagar pelo que fez, mas não é justo que inocentes paguem pelos culpados. A polícia está aí para defender as vítimas. Nesse caso, infelizmente, isso não aconteceu. Se o pai dela é bandido ou não, isso não justifica tirar a vida da menina. Se cada um resolver sair por aí executando as pessoas, nossa sociedade vai para o beleléu. E não é hipocrisia querer que um assassino (quem mata seja quem for é assassino) vá para a cadeia. Culpas há em maior ou menor grau: dos repórteres que fizeram o rapaz sentir-se um artista, da polícia que foi ineficiente, e sabe-se lá quantas mais. Mas quem pagou por todas as culpas foi a Eloá. Então é justo querer que os verdadeiros culpados sejam presos. Se o pai dela foi ou não um executor isso não tira em nada o peso do crime que o rapaz cometeu.

  7. Pai de Eloá é identificado em Alagoas e acusado de integrar ‘gangue fardada’?
    SÃO PAULO – O pai de Eloá Cristina Pimentel da Silva, 15 anos, foi reconhecido em Alagoas como o ex-cabo da Polícia Militar de Alagoas Everaldo Pereira, integrante da “Gangue Fardada”, um “esquadrão da morte” que atuava no estado. Ele não compareceu na manhã desta terça-feira ao enterro da filha, em Santo André. Sua imagem foi reconhecida por autoridades do governo de Alagoas e policiais quando ele passou mal por conta do seqüestro da filha e foi socorrido em uma maca. A imagem foi divulgada em fotos e pela tevê.

    A Secretaria de Defesa Social de Alagoas dá como certa que Aldo José da Silva, pai de Eloá, e Everaldo Pereira são a mesma pessoa. Everaldo e sua família – a mulher, dois filhos e Eloá, que foi trazida para São Paulo ainda pequena e foi assassinada na sexta-feira – teriam sido reconhecidos também por um irmão dele que mora em Maceió. Ele estaria foragido desde 1993.

    A Secretaria informa que está providenciando a ficha funcional do ex-cabo da Polícia Militar, onde está a impressão digital a ser comparada com a de Aldo José da Silva, e pedirá uma força-tarefa com a polícia paulista para prendê-lo. O ex-cabo já tem mandado de prisão decretado pela Justiça de Alagoas. A polícia alagoana acredita que ele já tenha fugido de Santo André, onde morava com a mulher e os três filhos.

    O cabo Everaldo foi preso e acusado pela morte de Ricardo Lessa, secretário da polícia civil, antes da fuga. O motivo do crime seriam as ações de Lessa para combater a “Gangue Fardada”, que agiu no estado até 1997.

    Ricardo Lessa foi assassinado no bairro de Bebedouro ao lado de seu segurança, Cícero Carlota. Acusado de ser o líder da gangue, o tenente coronel Manoel Cavalcanti está preso desde 1997 e atualmente está no presídio federal de Catanduvas.

    Segundo fontes do governo de Alagoas, Everaldo atuava na linha de frente da gangue, responsável pela execução dos assassinatos. “Ele era o principal braço que cometia os crimes”.

    A assessoria de imprensa da Secretaria de Segurança Pública de São Paulo disse que ainda não tem informações sobre a identificação.

    É verdadeira a noticia, quem quiser ver está no O Globo

    O que acham disto?

    Zailda responde:
    Hoje à tarde fiquei sabendo dessa notícia, tudo o que sei é que se o pai da menina era (ou é) bandido, ele é que teria que ir para a cadeia, ela (a menina) era a inocente nessa história. Não faço apologia da impunidade, se o pai dela fazia parte do esquadrão da morte de Alagoas tem que ir para a cadeia também. Acho que essa história evidencia que a mentira tem pernas curtas e é sempre descoberta.

  8. eu acho o seguinte a minina nao tinha cupa de nada o seguinte que a mae liberou o namoro dela muito sedo e os policias sao uns idiotas que nao servem pra nada com bala de boracha pelo amor deus gente..

    Zailda responde:
    Concordo com você, um psicólogo estava outro dia na TV falando sobre o caso, aconselhou os pais a acompanhar os atos de seus filhos, conhecer de perto namorados e amigos, porque eles aos 12 anos (como ela qdo começou a namorar o rapaz) não têm base para julgar o caráter das pessoas. Nos EUA a SWAT não quer nem saber dos antecedentes da pessoa, usou arma de fogo para ameaçar, atirar ou colocar a vida dos outros em risco leva bala, o prazo de negociação é de no máximo 12 horas. Depois disso invadem e dificilmente erram.

  9. Délio Antunes Says:

    Olha , em primeiro lugar eu gostaria de dizer que a policia tem que partir do pre suposto de que o miliante chama-se Lindebergue, ele somente ele deveria ser alvo da policia, tentando angulo através dos atiradores de elite para mobilizar o provocador da ocorrencia, Lindebergue, se for o caso , até mesmo executando o pivor de tudo.
    Houve chance de execução e nada foi feito , em nome de uma salvaguarda de um individuo pseudamente inocente, sério, integro , honesto , bom carater etc…
    Poxa qualquer cidadão de posse de uma armna de fogo, ameaçando outrem já é um delinquente em potencial, mas deixaram passar a oportunidade. Em seguida é libertado uma das reféns e os controladores da ocorrencia permite que a menor de 16 anos , retorna ao cativeiro ficando exposta ao mesmo perigo do qual ela já havia sido liberta…
    Terminando nesse quadro horrivel , colocando em risco a vida de ambas , menos a do sequestrador, já que a policia usava arma com munição de borracha, ficando ele , o acusado, com chace de sobreviver e de matar as meninas que estavam em poder dele.
    DO MEU PONTO DE VISTA , ELE, O RÉU, NÃO DEVIA TER DIREITO A BENEFICIO ALGUM POR PARTE DA JUSTIÇA, ELEDEVE PAGAR TODOS OS ANOS PELOS QUAIS FOR CONDENADO , POIS SEGUNDO A LEI , ESSE É UM CRIME “EDIONDO” POIS ELE FEZ REFENS MENORES HOUVE TORTURA SEGUIDA DE MORTE.
    Obrigado

    Zailda responde:
    Concordo plenamente com você, acho que você disse tudo, nada tenho a acrescentar.
    Em tempo: Délio é policial militar reformado, portanto sabe do que está falando.

  10. Délio Antunes Says:

    EM TEMPO , GOSTARIA DE DEIXAR UMA PERGUNTA ÀS NOSSAS AUTORIDADES POLICIAIS E JUDICIÁRIA.
    QUEM DEVERIA TER MAIS DIREITOS HUMANOS ?
    O CIDADÃO CONTRIBUINTE OU O MARGINAL , QUE O PROPRIO NOME DIZ , ESTÁ A MARGEM????
    ONDE NESSE BRASIL A CONSTITUIÇÃO É CUMPRIDA PARA O CIDADÃO COMUM???
    EU SOU UM EXEMPLO REAL E VERDADEIRO DESSE DESCALABRO CONSTITUCIONAL , SOU POLICIAL MILITAR REFORMADO , LUTEI POR OCASÃO DA “REVOLUÇÃO DE 64” , E O QUE GANHEI FOI UM PÉ NO TRAZEIRO , PERCEBO UMA PENÇÃO DE MENOS QUE UM SALARIO MINIMO, PARA MANTER MINHA FAMILIA . E OS AGITADORES DA ÉPOCA ESTÃO COM PENÇÃO FEDERAL , ALEM DE OCUPAR CARGOS POLITICOS , UNS COMO SENADORES DA REPUBLICA, E CONTINUAM RECEBENDO A PENÇÃO E O GORDO SALARIO DE SENADOR…

    Zailda responde:
    Pois é, acho que vivemos uma inversão de valores, onde o trabalhador, que paga por toda essa máquina que está aí para serví-lo acaba sendo deixado de lado, enquanto que um bandido custa 1.200 reais por mês para ser mantido na prisão. Acho que na sociedade do jeito que está, os condenados somos nós, que estamos do lado de fora da prisão. Condenados a trabalhar pelos que não trabalham, a pagar pelas vantagens dos que não estão nem aí para nós, que só se lembram que existimos quando chega a época das eleições.

  11. Délio Antunes Says:

    VENHO ATRAVÉS DESSE COMUNICADO ,PEDIR ESSE DIREITOS HUMANOS QUE OLHE PARA O MEU CASO…

    Zailda responde:
    Realmente é duro viver num país onde existem campanhas para que se dê valor para os idosos, mas é tudo hipocrisia, trabalhamos a vida inteira e não temos direito a uma aposentadoria digna, o Estado abocanha a maior parte, ao fim da vida temos que continuar trabalhando se não quisermos morrer de fome!

  12. O que aconteceu com essa menina – Eloá – é realmente lastimável, entretanto, evidencia a nossa realidade. O caso fica como um alerta para pais, com filhos adolescentes. Estejam presentes na vida deles, saibam dos seus relacionamentos, imponham limites….esse foi, sem dúvida, o ponto crucial dessa tragédia.

    Zailda responde:
    Acho que permitir que o jovem faça exatamente o que quiser sem qualquer controle é o início de um problema, que no caso dessa garota terminou em tragédia.

  13. QUANTAS LIGAÇÕES A FAMILIA DA MENINA ELOÁ OU DA MENINA ATIRADA DO PREDIO FORAM RECEBIDAS DOS TAIS DIREITOS HUMANOS?

    Zailda responde:
    Posso arriscar um palpite?
    – Nenhuma?
    Infelizmente discutem tanto os “direitos humanos” dos bandidos que o cidadão comum parece que tem que se virar por sua conta e risco.

  14. Já faz uma semana que ocorreu a morte de Eloá, uma jovem linda, estudiosa, vaidosa, simpática e amiga de todos. È essa a imagem que os amigos e familiares passam dessa jovem, que teve sua vida detruida por um animal, vagabundo, incapaz e covarde.
    A minha critica é à “nossa” “espetacular” polícia paulista, que perde o tempo em negociações, com pessoa desta qualidade. È sempre ela, a nossa policia, è a maior culpada pelos incidentes ocorridos.
    Policia do inferno essa, que negocia com PCC, com sequestrador,com traficantes, policiais envolvidos em pedofilias, a onde vamos parar, veja na mão de quem esta a nossa segurança, corrupidos, ladrões.
    Todas as vezes é a mesma desculpa, a culpa foi do fulano, foi do siclano, foi deltano, nunca assumem sua imcopetência, sua fragilidade.
    Esse caso me deixou chocado, como ainda estou, muito, muito, muito chocado, ver as pessoas que nós pagamos os seus salários, não dando a minima para o cidadão, todas as vezes estamos preservando os direitos do vagabundo, não podemos matar, ele trabalha, estudou, é boa pessoa,boa pessoa uma ova, cambada de burro, se ele é tudo isso coloca ele para dormir em sua casa, na sua cama, viva com ele.
    Um homem que não tem capacidade para superar o término de um namoro, não poderá suportar outros problemas mais dificeis da vida, a pessoa que tem coragem de fazer refem a ex namorada, com certeza não penssará no seu próximo, tem coragem de sequestrar duas moças inocentes, terá capacidade de fazer coisa pior.
    Mas eu, e muitos brasileiros enchergamos tudo isto, mas a nossa policia, nossa policia, nossa nada, só se for sua,ela não encherga nada, foram cegados pela corrupção, minha vida não está protegida por esses corrupitos, covardes,vagabundos, que protegem o marginal e não o inocente, não me fale que é por causa da imprensa, essa imprensa, que só atrapalha, põe a cara a onde não deve colocar, bando de bisbilhoteiros, não percebem que estão em conflitos dois principios contitucionais, direito a informação e o direito a vida.
    Saiba a imprensa que quando há dois principios fundamentais em conflitos, num caso concreto, temos a chamada cedência recíproca, o direito a informção terá que ceder ao direito a vida.
    E é nesse tema que eu começo a minha crítica ao governo, as autoridades policiais, à imprensa, o direito a vida prevalece sobre qualquer outro, sem a vida não existirá outro direito, temos em primeiro lugar, preservar a vida das pessoas, vai a merda a emprensa, a globo, record, sbt, e todas mais, e como elas vão pensar, vão dizer ou deixar de dizer, não mataram monstronbergue, vadiobergue, demonionbergue,com medo do que a imprensa iria dizer, policiais bundões, covardes, muleques, ficam bricando com a vida dos inocentes, no Rio de Janeiro mataram uma familia inteira por engano, em Sâo Paulo são responsáveis pela morte da Eloá.
    Até quado vamos viver protegidos por esses animais, irracionais, vai pro raio que o parta os direitos humanos, vai pro quintos dos infernos à imprensa, e quem quiser ir junto, protegeram o monstronbergue, e não a vida da Eloá, agora o vagabundo poderá cumprir no maximo trita anos de pena, é o limite de pena que a legislação penal assegura, tem atenuantes ao seu favor, com toda certeza não passará de trinta anos a pena desse animal, vai cumprir um terço e vai voltar para a rua, esse é o Brasil, isso é uma vergonha, estou de saco cheio.
    Mas como eu disse é os direitos humanos, é a imprensa, e no fim de tudo quem vai sustentar ele, è o “governo”, governo nada, somos nós, vai sair de lá tão obeso que não será reconhecido, cade a prisão perpétua, cade a pena de morte, a, me lembrei a constituição federal não permite, carta magna de merda, isso porque é a contituição cidadã, não sei de que cidadão ela fala, ou seja, ela fala, mas as autoridades não nostrata como cidadõas, e sim como animais.
    Estou cansado de ver pessoas inocentes morrerem, crianças, jovens, e os vagabundos em liberdade, cade o instrito cumprimento do dever legal da policia, tem que agir sem medo de repressão, éo dever dela, lógico agir corretamente, medo de imprensa, mata o cara, mata ele ,merda, tiveram oportunidades, e não fizeram, agora colocam a cupal na Nayara, covardes, a culpa é de vocês,assumem o seus erros, o que posso fazer é criticar as atuações dessa segurança pública frágil que temos.
    A tristesa e a revolta tomaram conta da minha vida, que país é esse, eu quero saber até quando a vida das pessoas estarão em jogo dessa forma, os bandidos não respeitam a polícia, vão nos respeitar,um muleque de vinte edois anos colocando medo no policiais,vai vestir saia, policia de araque, para finalizar eu digo a todo o Brazil, vamos protestar, vamos sair as ruas, fazer paralizações, porque no atual momento estamos refém desse povo, ou seja desses bandidos,uns, bandidos que “protejem”, os outros bandidos que matam roubam, sequestram.
    Se você tem uma crítica, não guarde ela com você, como diz a constituição “cidadã”, em seu art° 1°,paragrafo unico ” todo poder emana do povo”, povo não, lixos para as autoridades.
    Vamos aguardar a próxima palhaçada, da “nossa” policia.
    E depois o que a justiça vai fazer.

    Zailda responde:
    Percebo a sua revolta, e não é para menos, técnicos policiais apontaram mil e um erros na forma de agir de nossa polícia. Não sei se tem tanta culpa assim ou se tudo não é fruto de “medo de errar” e depois serem crucificados. Entendo que os policiais devem ter ficado entre a cruz e a machadinha, não sabiam se fuzilavam o rapaz e depois a sociedade poderia cair em cima alegando que mataram um “bom rapaz num momento de desespero”, mas como se constatou DEPOIS, foi tudo friamente planejado, mas esse dado eles não tinham na hora.
    Não estou defendendo a polícia mas acho que a culpa não foi só dos policiais mas sim da polícia de modo geral, que além de não dar equipamento decente ainda não os treina para enfrentar situações como essa, ou então lhes dão um treinamento totalmente equivocado como ficou demonstrado nesse caso. Creio que o que coloca nossa vida em risco é a falha de julgamento dos policiais, baseados em falsos julgamentos, mal conhecimento da lei e um treinamento deficitário.
    Concordo que temos que demonstrar nossa indignação nesse caso, para que não se repita.

  15. Gostaria que o atirador de elite do rio de janeiro, tivesse feito o mesmo com lidenberg do caso da Eloa, infelismente perdemos uma moça que tinha um bom convivio social, e ficamos com um verme tudo isto por causa da policia, espero que apos o fato da Eloa a policia de inteligencia venha começar a agir como profissional, e não deixar que os valores de coitadinho, ele pode desitir venha prevalecer, é hora de mudança no quadro da policia, o policial não pode trabalhar com o coração tem que trabalhar defendendo o cidadão de bem, o resto é resto;
    Uma falha que eu vi no atirador de elite do rio é que ele foi dar entrevista e ate levar flores para a refen, que coisa feia o atirador de elete jamais pode aparecer, não é mesmo;

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: